SENAR
Cerimônia marca encerramento do Programa Despertar 2019
05/12/2019 às 15h25
Atualizada em

 

Em uma cerimônia lúdica, marcada por muita música e apresentações culturais como cordel, coral, poesias e dança, o SENAR Bahia realizou hoje, em Feira de Santana, o evento de encerramento e premiação do Programa Despertar 2019. Este ano, o tema foi "Produção de Alimentos e Sustentabilidade no Campo".

O presidente do Sistema FAEB/SENAR, Humberto Miranda, ressaltou, mais uma vez a importância do programa na formação das crianças do campo. "É gratificante ver a desenvoltura dessas crianças que estão pensando diferente e estão ajudando a construir um futuro melhor. O programa Despertar é uma semente do bem que é colocada nos municípios participantes e vamos continuar regando essas sementes para que elas possam continuar dando esses frutos tão importantes para o nosso meio ambiente."

A superintendente do SENAR Bahia, Carine Magalhães, também reforçou o papel social da ação no campo. "Além de despertar a responsabilidade socioambiental nas crianças, também incentivamos o protagonismo infantil, a transformação através dos jovens. É um programa que todo ano nos surpreende pelo papel transformador".

Em 2019, o Despertar foi realizado em 72 municípios do estado, atendendo 1.064 escolas rurais, 7.258 professores e mais de 110 mil alunos que contribuíram na plantação de 5.320 árvores, 1.458 hortas, 650 jardins e 148 viveiros de mudas. "Como esse programa tem um papel multiplicador, ele acaba impactando mais de 300 mil pessoas no campo, porque as famílias dos alunos e toda comunidade se envolvem", explicou a coordenadora do programa, Jaqueline Érrico.

Ao todo foram vinte e cinco crianças, cinco professores e cinco coordenadores premiados, que levaram para seus municípios computadores, celulares, tablets e patinetes. Esse ano, os cinco selecionados de cada categoria receberam prêmio. Thierry Rios de Oliveira, de Miguel Calmon, foi um deles. Ele ganhou um celular na categoria Agente Despertar. "O programa modificou a minha vida e eu hoje sinto que pude contribuir para ajudar o nosso município participando da plantação de árvores nas margens de rios que estavam desmatados. Atividades como essas nos enchem de orgulho porque sabemos que estamos colaborando para o presente e as próximas gerações ".

Sara Cristina Oliveira, do povoado de Botafogo, na cidade de Bonito, foi premiada na categoria de Produção de Cartas. "No programa Despertar eu tenho aprendido muitas coisas que vou levar para toda a vida. O tema desse ano foi muito bom e me inspirou bastante porque apresentei as práticas sustentáveis que já venho aplicando na escola e na nossa propriedade", afirmou.

O evento contou a participação do vice-presidente de Desenvolvimento Agropecuário da FAEB, Rui Dias; dos presidentes dos Sindicatos Rurais de Itagibá, Manoel Fonseca; de Miguel Calmon, José Orlando Lima; de Santo Amaro, Paulo Silva; de valente, Luis Delfino Mota; do prefeito do município de Miguel Calmon, José Ricardo Leal; do prefeito do município de Valente, Marcos Adriano de Oliveira; dos Secretários de educação dos municípios de Mucugê, Itagibá, Boa Vista do Tupim, Miguel Calmon, Cotegipe, Gandu, Valente, Iguaí e Barra do Estiva.

Fonte: Ascom Sistema FAEB