SENAR
Curso do Senar Bahia incentiva produção de banana em Belmonte
22/09/2017 às 10h03

 

Agricultores familiares da região dos Assentamentos Unidos em Cristo e Beira do Rio, foram capacitados pelo curso de cultivo de banana do SENAR BAHIA, em um treinamento oferecido em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Belmonte e a Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca.

Com duração de 40 horas / aula o curso ensinou aos participantes desde a escolha do local para plantio, realização da análise de solo, condições climáticas, até as exigências da cultura da banana. “A plantação da banana é tradicional na região de Belmonte, fiquei muito surpreso com o numero de perguntas feitas pelos agricultores e com a participação dos produtores”, afirmou o instrutor Hipólito.

Segundo o instrutor, a banana pode ser plantada em larga escala ou em pequenas quantidades. Outro detalhe é saber escolher a variedade ideal para determinada região e sua finalidade, pois há variedades para consumo, para produção de doce e também para fritar. Para uma plantação saudável, a escolha das mudas faz a diferença. Hipólito conta que a turma aprendeu a identificar quais são as melhores mudas e tratá-las antes e durante o plantio, o espaçamento correto e os tratos culturais. Após a implantação da cultura no campo, o produtor precisa fazer também o controle de pragas e doenças e usar soluções para manter o bananal produtivo.

O curso também mostra como deve ser a colheita da fruta, alternativas de mercado e opções de demanda da cultura. “Os agricultores ficaram muito entusiasmados e interessados, foi uma turma boa que me surpreendeu”, conta o instrutor. A banana é rica em nutrientes e o Brasil é um dos maiores produtores da fruta no mundo. A demanda é boa, e as pequenas propriedades rurais tem essa alternativa para atender a procura.

O aluno Edson diz que o curso foi muito interessante: “Aprendemos muito sobre como cuidar do bananal, o manejo correto, a hora certa de cortar o umbigo e as técnicas para cortar as raízes da muda sem ferir as folhas”. Para o agricultor, foi tudo muito útil.

O Secretário de Agricultura e Pesca , Francisco Lopes , fez questão de estar junto com os agricultores participando do curso e sempre dando algumas dicas, para ele cursos como este são muito importantes e valorizam o homem do campo.  “Estamos tendo vários avanços com os cursos que estão sendo realizados no nosso município, continuaremos incentivando para que mais agricultores venham a se qualificar para mudar a cara da agricultura familiar em nosso município.” revelou. 

Fonte: Portal do Guaiamum