Agropecuária
Estimativas de produção do IBGE para cacau avançam ante 2017
16/05/2018 às 09h25


O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de abril, divulgado na quinta-feira, 10, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), trouxe previsões de avanços em culturas relevantes para a produção nacional de grãos, dentre elas o algodão, feijão e cacau.

A projeção para safra de algodão herbáceo (em caroço) indica ganho de 16,3% ante 2017, para 4,464 milhões de toneladas. O desempenho positivo se deve ao incremento de 19,1% na área plantada, para 1,105 milhão de hectares, uma vez que o rendimento médio tende a diminuir 2,3%, para 4,038 mil quilos por hectare neste ano.

Comparada ao mês de março, a estimativa para a área plantada de feijão aumentou 0,9% e o rendimento médio, 2,1%, elevando a produção em 3,0%. Ao todo, o país deve colher uma safra de 3,5 milhões de toneladas. A primeira safra do grão deve responder por 1,565 milhão de toneladas, ligeira variação positiva de 0,2% ante 2017. Já a segunda safra deve crescer 11,7%, segundo o IBGE, para 1,324 milhão de toneladas. Na sequência, a terceira temporada do feijão pode colher 585,86 mil toneladas, volume 7,7% ante o ano passado.

Quanto ao cacau, a produção estimada é de 232,1 mil toneladas, aumento de 7,6% em relação a março e 8,3% maior ante 2017. Em abril, a Bahia reavaliou sua estimativa de produção para 103,2 mil toneladas, aumento de 19,4%. O rendimento médio aumentou 33,3%, enquanto a área a ser colhida caiu 10,4%. A reavaliação se deve às expectativas positivas quanto ao clima na região.

Fonte: IstoÉ