Agropecuária
Exportação de café cresce 25% em abril ante mesmo período de 2018, diz Cecafé
10/05/2019 às 12h18

O Brasil exportou 2,976 milhões de sacas de café verde, solúvel e torrado e moído em abril, alta de 25% ante igual período de 2018, informou nesta sexta-feira, 10, o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé). A receita teve alta de 1%, para US$ 379,43 milhões. No mês, o preço médio da saca de café foi de US$ 124,47, queda de 19% ante abril de 2018, quando a média foi de US$ 153,89 por saca.

Em relação a março deste ano, quando o país enviou 3,085 milhões de sacas ao exterior, o volume registrou queda de 3,53%. Ainda na variação mensal, o faturamento recuou 6,19% e o preço mensal ficou 2,75% menor que o patamar visto em março. De acordo com o conselho, o café arábica representou 84,7% do volume total exportado em abril, com 2,52 milhões de sacas embarcadas, alta de 24,3% na comparação anual.

O café solúvel contribuiu com 8,7% do volume exportado, 257,6 mil sacas, queda de 15% na mesma base comparativa. O café conilon (robusta), por sua vez, representou 6,6% das exportações de café brasileiro em fevereiro, com 197 mil sacas exportadas, expressivo aumento de 239% em relação ao embarcado no mesmo mês do ano passado.

"A performance das exportações do café brasileiro continua firme, mantendo os bons resultados para abril. O destaque do mês fica para o aumento das exportações para os cinco maiores países importadores, ampliando o market share do Brasil", afirmou o presidente do Cecafé, Nelson Carvalhaes. Em nota, a entidade reafirmou a previsão de "ano-safra histórico", com a estimativa de exportação de 40 milhões de sacas até o fechamento do ano cafeeiro.

Fonte: Globo Rural