Agropecuária
Governo federal aprova medida de auxílio para suinocultores
12/05/2022 às 11h33


O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou nesta terça-feira (10), em reunião extraordinária, o aumento do prazo de pagamento das contratação de crédito de custeio disponibilizada para suinocultores. Com isso, os criadores terão dois anos para devolver os valores.

Apenas 20% do valor contará com o prazo alongado. Os outros 80% continuam com carência de um ano. A medida vale para contratos feitos até 30 de dezembro deste ano.

Em abril, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) solicitou ao Ministério da Economia uma linha de crédito com condição especial para suinocultores.

A ideia era a reativação da linha de retenção de matrizes, porém com uma dilatação do prazo de quitação.

A ação aprovada nesta terça-feira tem um impacto mais abrangente, pois não será necessário que o produtor comprove a retenção.

Fonte: BNews