Inovação
Programa Jovem Aprendiz na Bahia forma duas turmas no município de Barreiras
21/10/2020 às 12h34
Atualizada em


 

O Programa Jovem Aprendiz, oferecido pelo Senar Bahia em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras e o Instituto da Associação de Irrigantes da Bahia (AIBA), formou 48 alunos de duas turmas inseridas na Fazenda Modelo Paulo Mizote. A solenidade aconteceu de forma virtual, respeitando as normas e exigências da Organização Mundial da Saúde (OMS). O encerramento dessas turmas marcou o sucesso do trabalho desenvolvido pelo Senar Bahia e seus profissionais, para garantir a capacitação e a formação dos jovens.

Por conta da pandemia, o Senar Bahia montou em sua sede, uma sala com uma estrutura completa para a realização das aulas, com computadores e plataformas digitais com acesso à internet. Com a retomada das atividades no mês de junho na modalidade virtual,  o curso totalizou a carga horária de 800 horas, entre aulas práticas e teóricas.

Para a formação das turmas, há também a parceria de empresas empregadoras que permitem aos jovens as experiências adequadas para a inserção no mercado de trabalho. No Oeste da Bahia, fizeram parte desse programa as  empresas: Ademar Antônio Marçal – Fazenda São Francisco; Agrícola Xingu; Anildo Kurek – Fazenda Eliane; Célio Zuttion – Fazenda Zuttion; Clóvis Ceolin – Grãos e Fibras; Fazenda Busato; Grupo Horita; Grupo Andrighetti Irmãos Gatto; Luiz Carlos Bergamashi – Fazenda Xanxerê; Grupo Zancanaro – Fazenda Decisão; Marcelino Flores de Oliveira – Fazenda Sete Povos; Marcelino Luis Mingori – Fazenda Bela Vista; Odir José Pradela;  Olam Agrícola – Fazenda Milano; Schmidt Agrícola; Silvana Trufa de Carvalho Berlotto – Fazenda Carvalho; Ubahia Cooperativa de Produtores de Algodão e Valter Mikio Morinaga – Fazenda Morinaga II.

Daniela Lago, coordenadora Pedagógica do Senar Bahia, parabenizou a formação das turmas e falou das parcerias para a realização do curso. “Parabenizamos aos 48 jovens formandos pelo empenho e dedicação durante esse período de aulas. Estamos certos de que todos vocês estão preparados para o mercado de trabalho. Agradecemos as empresas parceiras que foram fundamentais para a realização desse programa, pois, sem elas nada disso seria possível. Também agradecemos o apoio e parceria do Sindicato Rural, que sempre esteve ao nosso lado em mais uma conquista”.

                                                                                                            Foto antes da pandemia

O coordenador de Recursos Humanos da Agrícola Xingu, Francisnei Serracena Almeida, falou sobre a importância desses jovens no mercado de trabalho. “Agradecemos a Deus e aos organizadores do programa, por terem a inspiração e a sabedoria para contribuir no crescimento profissional desses jovens. Parabenizamos a todos, pelo empenho e dedicação que tiveram em aproveitar a oportunidade e a chance de estarem aptos ao mercado de trabalho. Continuamos ao dispor para colaborar com o crescimento desses jovens e consequentemente com o setor agropecuário da Bahia”.

                                                                                                     Foto antes da pandemia

Márcia Gama, representante dos Recursos Humanos do Grupo Eliane, Bergamashi Agro, Grupo Ceolin, Fazenda Sama, Grupo Morinaga, Fazenda Triflora e Agricultura Siegfried, falou sobre o momento de formação dos jovens e o papel que cada parceiro exerceu no programa. “Estamos celebrando este grande momento graças ao Senar Bahia, ao Sindicato Rural, a AIBA e todas as empresas parceiras. Juntos, conduziram esses novos profissionais para o mercado de trabalho que mais cresce no Brasil, que é o segmento do agronegócio. O Oeste da Bahia agradece”.

O presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras, Moisés Schmidt, que também esteve presente na solenidade, destacou o sucesso do programa no município. “A certificação desses jovens deve ser comemorada. É uma demanda antiga do Sindicato e a construção de um programa de aprendizagem EAD, requer bastante planejamento e o Senar Bahia conseguiu atender ao pleito. Hoje temos 48 supervisores agrícolas disponíveis para desenvolver suas atividades nas mais variadas culturas, com alto padrão tecnológico. É importante que esses jovens também não deixem de estudar, aperfeiçoando seus conhecimentos para o crescimento profissional. Agradecemos o empenho de todos que se envolveram para que esse projeto fosse efetivado”.

                                                                                                            Foto antes da pandemia

A Jovem Thaís Macedo Alves, comemorou a formatura e externou os seus agradecimentos ao Senar Bahia. “Fazer parte do programa Jovem Aprendiz do Senar Bahia foi uma experiência nova para todos nós. Temos orgulho de ter feito parte dessa turma que por força das circunstâncias, se tornou piloto no ensino a distância, nesse novo momento que estamos vivendo. Mesmo nesse momento de pandemia, o Senar se preparou com muita disposição e criatividade e as aulas foram bastante criativas com grandes instrutores e palestras maravilhosas com excelentes profissionais. Vivenciamos momentos enriquecedores e inesquecíveis”.

O outro jovem, Murilo Oliveira de Souza, destacou o seu entusiasmo para ingressar no mercado de trabalho. “Através dos conhecimentos que nós, jovens aprendizes, adquirimos no programa do SENAR, é que vamos nos encaixar no mercado do agronegócio que hoje possibilita grandes feitos para aqueles que estão sempre à procura, se esforçando continuamente. A nossa jornada está apenas começando, temos que manter nossos objetivos e ajudar o agronegócio a manter o Brasil como sempre fez e melhorar a cada dia o nosso país”.

O Programa Jovem Aprendiz Rural, objetiva incluir, capacitar e promover o desenvolvimento profissional de jovens, oportunizando a formação profissional rural, capacitando-os para o ingresso no mercado de trabalho.

Fonte: Sistema Faeb/Senar

<p><p><p><p><p><p><p><p><p><p><p><p><p><p><p><p><p><p><p><p><p><p><p><p><p><p>normal">