FAEB
Miguel Calmon recebeu o Agro Fraterno, com 2.400 cestas de alimentos para famílias da Zona Rural
12/07/2021 às 16h19
Atualizada em
Mais de 400 toneladas de alimentos estão sendo doadas para famílias baianas

A cidade de Miguel Calmon, no semiárido baiano, recebeu hoje 2.400 cestas de alimentos para as famílias em situação de vulnerabilidade da zona rural, totalizando mais de 36 toneladas de alimentos. As doações fazem parte do projeto Agro Fraterno e vão atender o município e mais sete cidades da região: Baixa Grande, Irecê, Jacobina, Morro do Chapéu, Mundo Novo, Piritiba e Rui Barbosa. O ato de entrega das cestas aconteceu hoje (12), na sede do Sindicato Rural de Miguel Calmon. Algumas famílias cadastradas estiveram presentes para receber as primeiras cestas da região.

A Campanha Agro Fraterno é uma iniciativa liderada pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com a Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia (FAEB), o Senar e os Sindicatos dos Produtores Rurais do estado. São mais de 400 toneladas de alimentos que já começaram a ser doadas a mais de 27 mil famílias da zona rural da Bahia cadastradas em seus municípios.

O presidente do Sistema Faeb/Senar, Humberto Miranda, destacou a relevância da iniciativa para ajudar as famílias carentes no campo. “A CNA e o Sistema Faeb/Senar estão dando essa ajuda para aquelas famílias que mais necessitam e que estão sem pão nas suas mesas e com dificuldades de sustentar a sua casa. O programa Agro Fraterno chegou exatamente para isso, com um alento, uma esperança e uma participação do setor agropecuário para essas pessoas do campo que precisam de ajuda. É um esforço muito grande, com um projeto de mais de 3 milhões de reais, com mais de 27 mil cestas e mais de 400 toneladas de alimentos que estão chegando em 85 municípios em parceria com os Sindicatos de Produtores Rurais e com as Prefeituras, através da Secretaria de Assistência Social”, declarou.

“Essas doações chegam em um momento apropriado, onde as pessoas estão com dificuldade de arrumar trabalho, e alguns setores diminuíram as suas atividades. Por tudo isso, estamos agradecidos ao Sistema Faeb/Senar e ao Sindicato Rural de Miguel Calmon”, falou o prefeito da cidade, José Ricardo Leal Requião.

O presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Miguel Calmon, José Orlando Pedreira Lima, acrescentou ainda que a doação veio para ajudar as famílias mais atingidas pela pandemia. “Essas doações vão fazer uma grande diferença na casa de quem precisa, do produtor e do trabalhador rural que está precisando de ajuda nesse momento complicado. O reconhecimento é muito grande por esse trabalho que a CNA/Faeb/Senar estão fazendo para as pessoas do campo. Aos produtores rurais que estão junto conosco nessa ação tão grandiosa, também externamos o nosso obrigado”.

Estiveram presentes o Presidente da Câmara de Vereadores, Anderson Batista; a secretária de Educação, Aldacy Requião; a secretária de Ação Social, Galbenia Sacramento; o presidente da Loja Maçônica, Pedro Genésio; o presidente do Conselho de Pastores, Natanilson Passos; o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Antoniel Francisco Nunes; o presidente do Conselho das Associações Comunitárias, Antônio Sapucaia; diretores do Sindicato Rural de Miguel Calmon, Carlos Eduardo Batista, Edeval Oseas e José Santos Souza e também os diretores do Sindicato Rural de Piritiba, Gabriel Jacobina Almeida e Osmailson Silva Araújo.

Fonte: Sistema Faeb/Senar