Agropecuária
Na Faeb, João Roma apresenta propostas para a agropecuária baiana
13/06/2022 às 17h11
Atualizada em
O pré-candidato ao Governo da Bahia recebeu da categoria um documento com a agenda do setor

 

Em sua segunda edição, o Agro em Pauta recebeu o postulante ao governo da Bahia pelo Partido Liberal, João Roma. O projeto da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb) tem o objetivo de ouvir as propostas dos governáveis para a agropecuária baiana, setor que tem contribuindo para a geração de emprego e renda no País. 

O presidente da Faeb, Humberto Miranda, apresentou as ações da Casa e fez um balanço positivo do segmento, classificando-o de “mola propulsora da economia brasileira”, sobretudo no período de recessão provocada pela pandemia. “O agronegócio baiano cumpre importante papel econômico, mas, sobretudo, social. É o responsável por levar a comida à mesa de toda população deste e de outros estados brasileiros. E por que não dizer de outros países?”, destacou. 

Miranda pediu ao convidado, se eleito, intervenções para estruturação do setor, que, na sua opinião, passa por uma melhor equipagem da Secretaria e de suas autarquias. “A primeira medida é ter uma única secretaria que represente a classe e não que a divide. Agricultor é agricultor, independentemente da escala de produção”, reivindicou, ao citar outros entraves, como seguranças hídrica e jurídica, infraestrutura, logística, energia e conectividade. 

O ex-ministro da Cidadania e deputado federal, que também é produtor rural, falou que, se eleito for, o setor estará bem representado. "Minha principal atividade é a pecuária. Por isso, eu sei exatamente as dificuldades que o homem do campo passa. É preciso destacar que o agronegócio baiano poderia ter uma produção muito maior se houvesse um investimento maior em infraestrutura, mas, infelizmente, estamos em um estado que atrapalha quem quer produzir. Não vou medir esforços para fortalecer e desenvolver o setor que é responsável pela segurança alimentar do mundo", disse Roma.

 O encontro reuniu produtores rurais e representantes de entidades do setor produtivo, entre eles o presidente da Fieb, Ricardo Alban; o presidente da Fecomércio, Carlos Andrade; o superintendente e o diretor do Sebrae Bahia, Jorge Khoure e Franklin Santos, respectivamente; o presidente da Oceb, Cérgio Tecchio; o presidente do Fundap, Marcelo Martins; o vice-presidente da Aiba, Moisés Schmidt; e o diretor da Abapa, Lidervan Moraes. 

O Agro em Pauta é um espaço de diálogo entre os candidatos e a sociedade. No primeiro encontro, a Faeb recebeu o pré-candidato ACM Neto. Na terceira e última edição, o convidado será o petista Jerônimo Rodrigues, ainda com data a confirmar. 

Ascom/FaebSenar