SENAR
Sustentabilidade na visão da ATeG é tema de transmissão ao vivo do Senar
25/06/2020 às 07h56

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) promoveu uma transmissão ao vivo pelas redes sociais sobre a sustentabilidade na visão da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), na quarta (24).

O coordenador de projetos da ATeG do Senar, Alexandre Gessi, destacou que o conceito de sustentabilidade da metodologia é baseado em projetos socialmente justos, ecologicamente corretos, economicamente viáveis e culturalmente diversos.

“Sustentabilidade é o equilíbrio dessas ações. Você tem que olhar tudo que é ambientalmente correto, a cultura do produtor e o que faz bem para as pessoas, mas isso tem que dar dinheiro. Sem renda, o produtor limita a sua capacidade de desenvolvimento e não consegue executar”, afirmou ele.

Alexandre Gessi também explicou as cinco etapas da ATeG desenvolvida pela entidade: diagnóstico produtivo individualizado das propriedades, planejamento anual estratégico, adequação tecnológica, capacitação profissional complementar e avaliação sistemática de resultados.

“A ATeG é um processo educativo. Ela não é uma assistência pontual, que chega na propriedade, faz uma recomendação e vai embora. É um processo onde o produtor vai se empoderando desse conhecimento e fazendo disso um hábito natural nas suas atividades”, disse ele.

Oportunidades sustentáveis, análise ambiental produtiva, adequação tecnológica e recuperação ambiental produtiva foram outros temas analisados no encontro.

O coordenador de projetos da ATeG reforçou que o Senar continua oferecendo o serviço durante a pandemia por meio de atendimento virtual. Atualmente, a ATeG atua em 19 cadeias produtivas e atende mais de 40 mil propriedades no País.

Assessoria de Comunicação CNA